A primeira plataforma de crowdfunding científico do Brasil. Financie a ciência que importa pra você.

Produção de radiofármacos pode estar ameaçada no Brasil por falta de verbas



O Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), maior produtor de radiofármacos do Brasil prevê que o segundo semestre de 2016 será difícil. Segundo as contas do Instituto, as atividades deverão ser interrompidas a partir de agosto caso não haja novos investimentos. Tal interrupção poderá prejudicar diariamente cerca de 6 mil pacientes, incluindo o Sistema Único de Saúde (SUS), que dependem do IPEN para o diagnóstico e tratamento de doenças, como câncer.


Acesse a matéria completa no site do Estadão.












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela mensagem. Entraremos em contato em breve!